11 motivos para não pedalar na contramão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no reddit
Compartilhar no twitter
11 motivos para não pedalar na contramão

Pedalar é sensacional e quem experimenta, de fato, não troca por anda. No entanto, é preciso seguir algumas regrinhas básicas, e ficar atento ao trânsito e as normas da legislação vigente. Melhor do que ser ciclista e partir para o pedal é pedalar com segurança, e para isso, nem precisamos dizer que pedalar na contramão é a maior roubada.

Veja 11 motivos que justificam o porquê não se deve fazer tal infração.

  1. Você não chegará mais rápido ao seu destino se optar em ir pela contramão: ao seguir o fluxo correto dos veículos, a velocidade média é otimizada, ao contrário do contra fluxo;
  2. Fator de risco e insegurança: pesquisas comprovam que a forma mais segura de pedalar no trânsito é quando você faz parte dele, na mão certa;
  3. Impossibilidade de reação;
  4. Atropelamento fica muito mais difícil de se evitar;
  5. Maiores danos ao corpo no caso de uma colisão;
  6. No sentido contrário o ciclista surpreende os veículos;
  7. Nos cruzamentos os motoristas ficam incapazes de notar a presença do ciclista;
  8. Ao sair de garagens e vagas, o motorista não poderá te ver;
  9. Ao abrir as portas do carro, o motorista também fica impedido de observar o ciclista que pedala na contramão;
  10. Os pedestres também ficam vulneráveis a não te ver, o que pode provocar acidentes graves na pista;
  11. Quer respeito e tratamento igualitário aos veículos? Então é preciso ter a postura de e comportar como um, afinal, bicicleta é coisa séria e para seu próprio bem e para o bem comum, é preciso que o ciclista tenha em mente as leis e normas de segurança no trânsito quando se propor a sai com sua bike.

A lei sobre o tema é muito clara:

Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.

Você costuma seguir as normas? Orienta novos ciclistas? Alguém já te deu um toque quanto a isso? Conte para nós! Divulgue este artigo em suas redes sociais e ajude a termos um trânsito mais humanizado para todos, motoristas, ciclistas e pedestres.

Veja também:
Como andar de bicicleta: 10 dicas para pedalar na chuva com segurança

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no reddit
Compartilhar no twitter
Redação

Redação

Curadoria de conteúdo Pedalemos. Quer de enviar conteúdo sobre ciclismo? Entre em contato via rede sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pedalemos | Todos os direitos reservaods © 2021 Comunicas. 

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0