Não sofra mais com a porta do carro parado

Não sofra mais com a porta do carro parado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no reddit
Compartilhar no twitter

Sempre é bom trazer dicas de segurança para o dia a dia do ciclista, já passou pela situação de levar “uma portada” e declinar “lindamente” de sua bike em um dia até então, tranquilo de pedal. Se não aconteceu com você, caríssima e caríssimo leitor, poderá acontecer (não que estejamos te rogando uma praga!), ou ao menos já rolou com algum amigo ou amiga, não é verdade?

Separamos algumas dicas de segurança para você pedalar tranquilo na cidade

Como nos preocupamos com seu bem-estar e integridade física, resolvemos contar alguns “segredinhos” para que isso não aconteça mais e você pare de sofrer com a porta do carro parado.

Mantenha a distância das portas de um carro estacionado ou parado

A questão das portadas, infelizmente, ainda é muito comum, podendo causar não apenas a quedas e machucados, mas também graves acidentes, envolvendo outros carros, bicicletas, pedestres, etc.

Mesmo que o nosso C.T.B. (Código de Trânsito Brasileiro) inclua um artigo exatamente sobre este tema, ainda hoje é muito comum que motoristas ou passageiros, desatentos, abram displicentemente as portas de seus veículos, atingindo ciclistas invariavelmente. Veja abaixo o que diz o nosso código:

“Art. 49. O condutor e os passageiros não deverão abrir a porta do veículo, deixá-la aberta ou descer do veículo sem antes se certificarem de que isso não constitui perigo para eles e para outros usuários da via.

Parágrafo único. O embarque e o desembarque devem ocorrer sempre do lado da calçada, exceto para o condutor. ”

Sendo assim, para se preservar no trânsito da sua cidade, uma dica fundamental é ocupar a faixa de veículos da rua, evitando pedalar muito à direita (é comum muitos ciclistas, por medo, pedalarem assim, no meio fio, beirando a sarjeta).

Além disso, manter uma margem de segurança, afastando-se de “colar” nos carros parados e estacionados, uma eventual portada não lhe atingirá.  Possuir uma iluminação dianteira na bike também é importante, sobretudo num pedal noturno, ok?

 

Já recebe nossas novidades em seu e-mail?



E você, ciclista? Já foi vítima de algum acidente decorrente desta situação descrita? Que precauções costuma ter para evitar? Conte para nós!

Veja também:
Como andar de bicicleta: 10 dicas para andar na chuva com segurança;
18 razões para amar ciclovias;
Capacete: conheça 8 marcas testadas pelo Inmetro;
Cicloturismo: quantos quilômetros pedalar por dia?

 

News Pedalemos

Conteúdos exclusivos. Cadastre-se grátis!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no reddit
Compartilhar no twitter
Deixe sua opinião
Capacete com tecnologia MIPS: entenda como funciona o sistema de...
10 cuidados ao pedalar no verão
Especialização em oficinas de bicicletas
Aprovada a redução do imposto na importação de peças de...

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0

News Pedalemos

Receba novos conteúdos primeiro!Cadastre-se grátis!