5 tipos de preparação física para ciclista

5 tipos de preparação física para ciclista

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no reddit
Compartilhar no twitter

Quem pedala sabe que a preparação física para ciclista contribui muito para o pedal de lazer. Agora, quando falamos sobre uma prova de resistência, competição de mountain bike, entre outras, sabemos que a preparação física não é apenas importante, mas fundamental, sobretudo para aqueles que buscam bater metas e vencer desafios, antes de tudo, pessoais.

Vamos abordar alguns pequenos exemplos de preparação física para ciclista.

Mas qual seria então o melhor tipo de preparação física para ciclista?

Primeiro, questione-se!

Antes de investir no treinamento e preparação, é preciso perguntar a si mesmo (a) quais seus reais objetivos, quanto tempo falta para o campeonato, prova ou pedal, qual seu tempo semanal para o treino e preparação, e acima de tudo, como é possível conciliar treino, família e vida profissional.

Aproveite e melhore sua preparação em subidas com dicas de treino simples.

Força para MTB e ciclismo em geral

Uma das melhores maneiras de se preparar para o ciclismo em geral e até mesmo para a mountain bike é por meio da musculação e treinamentos aeróbicos em geral.

Na musculação, por exemplo, ocorre a divisão do corpo nas partes em que ele será trabalhado, propiciando assim mais força física, maior resistência e melhora do condicionamento físico.


Para entender melhor como isso ocorre, veja abaixo alguns exemplos:

1 – Pescoço: para fortalecer o músculo trapézio, é preciso trabalhar a região do pescoço, além da cervical para dar maior sustentabilidade. Alongar bem o pescoço e investir em exercícios como remada alta é o indicado.

2- Ombros e cotovelos: regiões muito exigidas pelo ciclismo, podem ser trabalhados com elevações laterais, por exemplo. Além de tríceps, rosca direta, entre outros.

3- Costas: fortalecer a região lombar é imprescindível por meio de exercícios que visam a extensão do quadril, como pulley, remada baixa e até mesmo pilates.

4- Abdômen: os impactos da pedalada nas costas são protegidos por esta região, portanto, é preciso investir em treinos que a fortaleçam. Séries abdominais elevadas, com aproximadamente 30 repetições é uma boa sequência de treino.

5- Pernas e panturrilhas: aqui temos uma vasta gama de opções em treino. Fortalecer estas regiões permite que o ciclista se proteja de lesões, que são muito comuns. Sendo assim, opte por sequencias em equipamentos adutores e abdutores, leg press, mesa flexora, entre outros.

preparacao-para-os-cliclistas

Lembre-se: peça a orientação de um profissional da área física e claro, consulte seu médico para que possa ser feita uma avalição física e determinar qual o tipo de treinamento e preparação física mais adequada ao seu caso., ok?

 

News Pedalemos

Conteúdos exclusivos. Cadastre-se grátis!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no reddit
Compartilhar no twitter
Deixe sua opinião
Capacete com tecnologia MIPS: entenda como funciona o sistema de...
10 cuidados ao pedalar no verão
Especialização em oficinas de bicicletas
Aprovada a redução do imposto na importação de peças de...

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0

News Pedalemos

Receba novos conteúdos primeiro!Cadastre-se grátis!