Os 2 novos recursos do Strava: Desafio em Grupo e Pontos de Interesse; saiba

Os 2 novos recursos do Strava: Desafio em Grupo e Pontos de Interesse; saiba

Guta Valente

O Strava começou o ano com atualizações para lá de animadoras para os ciclistas! Dois novos recursos do Strava foram disponibilizados entre janeiro e fevereiro, mostrando o esforço contínuo que a empresa tem feito para trazer maior funcionalidade e usabilidade para os usuários.

Os dois novos recursos do Strava

Desafio em Grupo

A mais recente novidade são os Desafios em Grupo que poderão ser definidos em torno de um único objetivo que todos buscam juntos.

Os Desafios em Grupo são competições pequenas e privadas, com até 25 atletas, que permitem que o usuário crie suas próprias regras em um jogo com seus amigos. Um desafio de velocidade, distância, elevação são apenas algumas das possibilidades no recurso. Mas, agora, os Desafios em Grupo podem ser realizados com um objetivo em comum, em que as atividades de todos são somadas em busca de alcançar um único objetivo definido pelo grupo.

Para criar o Desafio em Grupo, é só abrir o aplicativo, pesquisar a guia Grupos e, em seguida, criar um desafio em grupo selecionando Meta do Grupo.

novos recursos do Strava

Pontos de Interesse

Outra nova ferramenta, mais interessante para os cicloturistas de plantão, é o recurso “Pontos Interesse”, adicionados nos mapas básicos do aplicativo e nos navegadores, com o objetivo de ajudar os usuários a planejar para onde ir e encontrar o essencial ao pedalar.  

Os Pontos de Interesse incluirão recursos como picos, pontos de referência, lojas de bicicletas, cafés, pontos de partida populares, mirantes. Além disso, se houver necessidade quando estiver em movimento, os usuários poderão encontrar locais para reabastecimento de água, lanches ou instalações sanitárias por meio das guias de mapas no aplicativo.

Enquanto muitos aplicativos já destacam esses pontos de interesse, o Strava afirma que seu mapeamento terá pontos de interesse adaptados às necessidades dos atletas, ou seja, será diferente de outros mapas que tem como foco os carros.

novos recursos do Strava

“Pontos de partida são pontos populares de onde as pessoas começam suas corridas, pedais ou caminhadas, como estacionamentos ou trilhas, e só podem ser encontrados no Strava. Nosso algoritmo usa dados dos atletas da comunidade não identificados para ver quais locais recebem um número maior de uploads de atletas e coloca os principais no mapa. Então, o que você encontrará são os melhores pontos em sua área para iniciar suas atividades”, disse a empresa.

Para determinar pontos de interesse populares para os usuários, o Strava combinou os mapas de calor de seus atletas com o banco de dados do OpenStreetMap, que é um mapa mundial de licença aberta editado pelos usuários.

Alguns lugares serão mostrados em favor de outros com base no quão populares eles são com a nossa comunidade”, disse a empresa em seu blog ao anunciar a novidade.

O Komoot já tem uma função semelhante a este novo recurso do Strava, onde os usuários podem adicionar destaques e outros usuários podem incorporá-los em seus planos de rota – ou, de fato, se redirecionarem para esses locais quando estiver pedalando.

A empresa ainda deu a entender que futuramente pode existir a possibilidade de atualizar o recurso para que os usuários possam adicionar pontos de interesse diretamente ao mapa base do aplicativo.

A nova ferramenta estará disponível para todos os usuários, independentemente de assinarem ou usarem a versão gratuita do aplicativo. A única diferença é que  os assinantes podem criar rotas e usar os pontos de interesse no mapa para melhor se planejarem.

Aplicativos conectados ao Strava Conect

Além dos novos recursos do Strava, o usuário também pode complementar sua experiência usando aplicativos complementares ao recursos existentes. Aqui listamos seis deles, entre eles o Pedallo, uma plataforma que tem a missão de cuidar da saúde da bicicleta usando da inteligência artificial através do Strava Conect. O Pedallo iniciará a analise do desgaste natural de cada componente da bike registrada pelo usuário, prevendo quando será a próxima revisão preventiva e ajudando a economizar financeiramente na hora de realizar as manutenções.

Fonte: Blog Strava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bike Análise

Norco
MTB
Alumínio
Kross
Speed
Alumínio
Fuji
Hurbana
Alumínio
Pyga
MTB
Carbono
Cannondale
Speed
Carbono
Intense
MTB
Carbono
Canyon
Speed
Carbono
Specialized
Hurbana
Alumínio