Pesquisar
Close this search box.

Tipos de pedivelas em bikes de entrada: descubra os segredos do pedivela monobloco e do pedivela square

Descubra os segredos dos pedivelas monobloco e square em bikes de entrada. Saiba mais sobre os diferentes tipos de pedivelas utilizados nessas bicicletas.

Tipos de Pedivelas em Bikes de Entrada: Segredos do Monobloco e Square

Quando pedalamos pelas primeiras vezes, cada componente da nossa magrela faz toda a diferença. Nas bikes de entrada, os pedivelas monobloco são um clássico. Eles vêm diretamente soldados ao eixo, formando uma peça única – o que pode parecer prático, mas haja paciência para as folgas que podem surgir devido ao sistemático aperto deste conjunto que, em algum momento, vai te deixar na mão – quase que literalmente, caso esteja longe de casa!


Continua depois da publicidade


O Charme (E Os Desafios) do Pedivela Monobloco

Os pedivelas monobloco são como aqueles brinquedos que parecem indestrutíveis até a gente pisar neles. Eles parecem robustos, mas a longo prazo, suas folgas podem te fazer dar mais passeios ao mecânico do que ao parque. Isso acontece pois o seu sistema de caixa de aperto não é tão elegante quanto o sistema flutuante que encontramos em modelos mais arrojados.

Passeando com o Pedivela Square

As bikes que dão um passinho além das básicas costumam ostentar o pedivela square. O nome pode te lembrar aqueles jogos de encaixar peças, e é justamente essa a lógica. Esse tipo de pedivela se encaixa em eixos de ponta quadrada, criando uma combinação mais estável. Com ele, o movimento dos seus pedais será mais suave que manteiga em pão quente, e as chances de desenvolver folgas são menores. Portanto, se você quer aumentar o nível do seu pedal sem passar tanto no banco (ou seria no mecânico?), o square é um passo sensato.

  • Estabilidade e Durabilidade: O projeto do pedivela square oferece unidade e constância para seus giros, mantendo sua pedalada no trilho sem grandes surpresas.
  • Compatibilidade e Conveniência: Mesmo se você decide mudar a marca ou o modelo do seu pedivela square, a troca é relativamente simples e sem mistérios, facilitando a vida de quem não nasceu com a chave inglesa na mão.
  • Custo x Benefício: Apesar de ser um investimento inicial um pouco mais alto que o pedivela monobloco, o square compensa no longo prazo com menos idas ao mecânico e mais liberdade para explorar.

Conclusão: Qual Pedivela Escolher?

Entre o charme retrô e a eficácia do design do pedivela monobloco e a confiabilidade do pedivela square, a escolha vai depender do seu estilo de pedal, frequência de uso e, claro, a disposição para manutenções. Bike boa é bike rodando, e não importa o tipo, se ela te leva para aventuras incríveis, então já está valendo!

Avance Sua Pedalada: Os Benefícios de Optar por Pedivelas Superiores

Como a cereja do bolo, investir em pedivelas superiores pode ser a revolução que seus pedais precisavam. Seus giros vão ganhar a precisão de um relógio suíço e a sua bike, além da performance, vai obter um upgrade estético que faz qualquer ciclista pedalar com mais orgulho. Mas lembre-se, independentemente do tipo de pedivela, o mais importante é manter a manutenção em dia e as rodas girando. Bora pedalar!


Continua depois da publicidade


Deixe um comentário

Conteúdo exclusivo

Garanta sua inscrição gratuita na comunidade PedalemosVIP e acesse conteúdos exclusivos por tempo limitado. 

Aproveite agora essa oportunidade única!

Perguntas frequentes

Para iniciantes, recomendamos bicicletas híbridas, pois oferecem uma combinação de características de bicicletas de estrada e de montanha. São versáteis, confortáveis para pedalar em diferentes terrenos e uma excelente opção para quem está começando a explorar o mundo do ciclismo.
O tamanho correto da bicicleta é crucial para garantir conforto e prevenir lesões. Geralmente, o tamanho é determinado pela altura do ciclista e pelo comprimento da perna (entrepernas). A maioria das lojas de bicicletas e fabricantes oferecem tabelas de tamanhos que podem ajudar na escolha do tamanho correto, baseando-se nessas medidas.
Alguns acessórios essenciais para ciclistas incluem capacete para proteção, luvas para maior conforto no guidão, luzes dianteiras e traseiras para visibilidade, bomba de ar e kit de reparo para pneus para emergências, e um cadeado resistente para segurança. Estes itens aumentam a segurança e a praticidade durante o pedal.
A manutenção básica inclui manter os pneus calibrados, as correntes lubrificadas, os freios ajustados e as peças móveis limpas. Verificar regularmente se todos os parafusos estão apertados também é essencial para garantir a segurança. Aprender a fazer ajustes simples pode economizar tempo e dinheiro, além de prolongar a vida útil da bicicleta.