Forro em espuma ou gel: qual a melhor opção para sua bermuda de ciclismo?

Descubra qual é a melhor opção de forro para sua bermuda de ciclismo: espuma ou gel. Saiba mais sobre as vantagens de cada um e escolha o mais adequado para você.

Forro em espuma ou gel: qual a melhor opção para sua bermuda de ciclismo?

Sabe o ditado, “Conforto é Rei”? Pois é, no mundo do ciclismo, essa máxima é confirmada a cada pedalada com a escolha da bermuda de ciclismo. Ao contrário do que muitos pensam, não é apenas a bike que faz a diferença, mas sim o seu uniforme de duas rodas – e isso inclui a bermuda de ciclismo. Pensou que uma simples peça de roupa não ia ter tanto impacto assim? Pense de novo! Além de oferecer o cobiçado conforto, a bermuda com o forro certo pode absorver impactos, previne aquela “polêmica” de assadura e ainda dá um gás na sua performance. Mas, aqui fica o dilema: você é team forro em gel ou bota fé na espuma?

Entenda o Forro em Gel

Antes de escolher o seu lado na eterna batalha forro em gel vs. espuma, é hora de conhecer as particularidades de cada time. Afinal de contas, cada ciclista tem seu próprio estilo e suas necessidades únicas, não é mesmo?


Continua depois da publicidade


Gel Viscoso: “Aquele Abraço” de Conforto

Se você está no grupo dos que priorizam comodidade acima de tudo, o forro de gel viscoso pode ser tentador. Ele é como aquele tapete fofinho que se molda aos seus pés – ou melhor, ao seu cadeirão. Porém, nem tudo são flores: sua durabilidade pode ser questionável. De repente, você está no meio de uma trilha e aí… “Cadê o gel que tava aqui?”. É, o material pode migrar para os lados, perdendo eficiência mais rápido do que o seu colega de pedal perde o fôlego nas subidas.

Gel Elástico: Flexível, Mas Nem Tanto

Avançando na escala da gelatina, temos o forro em gel elástico. Ótima notícia: ele não vai rachar e te deixar na mão como o anterior. Mas, para ter um mínimo de conforto, você vai precisar de mais camadas do que bolo de aniversário. E o peso? Prepare-se para carregar um pouco mais do que a leveza que promete (ou que você imaginava).

A Era da Espuma no Ciclismo

Se a história do ciclismo fosse dividida em eras, estaríamos agora na “Idade da Espuma”. Hoje em dia, os fabricantes estão mais para alquimistas, criando espumas com tecnologia de ponta – e deixando o gel com uma sensação meio “anos 90”.

Escolhendo Lados: Espuma Versus Gel

Chegou a hora da verdade, a comparação que mexe com as estruturas de qualquer ciclista: espuma ou gel?

  • Consistência: A espuma é aquela amiga confiável que não vai te abandonar no meio do caminho. Diferente do gel, ela fica onde deve estar, mesmo quando a jornada é longa.
  • Longevidade: A espuma ganha na maratona da vida útil. Ela é o equivalente aos pneus reforçados quando o assunto é durabilidade, em comparação com os pneus finos do gel.
  • Respirabilidade: A espuma é como uma brisa em dia quente, deixando tudo fresco e arejado. E já o gel? Bom, ele pode te deixar numa sauna pessoal.
  • Quanto a densidade, a espuma é mais democrática. Ela permite diferentes níveis de firmeza no mesmo forro, se adaptando como uma luva (ou seria como um selim?) aos pontos onde seu corpo mais interage com a bike. O gel, por outro lado, é um pouco mais “do mesmo”, sem essa flexibilidade.

Então é isso, agora que você está munido com informações, vá em frente e decida o que vai levar para a sua próxima aventura sobre duas rodas. E lembre-se, no final das contas, o melhor forro é aquele que te faz querer seguir pedalando!


Continua depois da publicidade


Uma resposta

Deixe um comentário

Conteúdo exclusivo

Garanta sua inscrição gratuita na comunidade PedalemosVIP e acesse conteúdos exclusivos por tempo limitado. 

Aproveite agora essa oportunidade única!

Perguntas frequentes

O forro em espuma é feito de uma camada de espuma de alta densidade que proporciona conforto e absorção de impacto durante a pedalada. Já o forro em gel é composto por uma camada de gel que se adapta ao formato do corpo, oferecendo maior conforto e redução de atrito.
O forro em espuma é uma opção mais econômica e durável, oferecendo conforto e absorção de impacto adequados para pedaladas de média intensidade.
O forro em gel proporciona alto conforto, se adapta ao corpo e reduz o atrito, sendo ideal para pedaladas longas.
A escolha entre forro em espuma e forro em gel para bermudas de ciclismo depende do estilo de pedalada e das preferências pessoais. O forro em espuma é mais econômico e durável, oferecendo conforto e absorção de impacto para pedaladas de média intensidade. Já o forro em gel proporciona alto nível de conforto, se adaptando ao corpo e reduzindo atrito, sendo ideal para pedaladas de longa duração. É importante experimentar diferentes modelos para encontrar o mais adequado.