Vendas de bicicletas no Brasil em 2021: aumento acima do pré-pandemia

Vendas de bicicletas no Brasil em 2021 registram aumento acima do período pré-pandemia. Descubra os números e tendências desse mercado em crescimento.

Vendas de Bicicletas no Brasil em 2021: Aumento Acima do Pré-pandemia

No ciclo das vendas de bicicletas pelo Brasil em 2021, o setor conseguiu pedalar acima do ritmo pré-pandemia. Com uma leve redução de 2% comparada à explosão de vendas em 2020, o relatório da Aliança Bike, entidade que representa os lojistas do ramo, revelou que o mercado nacional de bikes manteve a marcha em alta. Parece que a bike, além de ser uma ótima companheira de passeio, tem sido a parceira ideal em tempos desafiadores.


Continua depois da publicidade


Duas Rodas e Duas Faces: Os Momentos Distintos de 2021

O ano de 2020 foi uma verdadeira corrida de sucesso para o mercado de bicicletas, com um impressionante crescimento de 50%. Mas em 2021, vivemos um verdadeiro relevo do terreno comercial: nos primeiros seis meses, as vendas continuaram subindo a ladeira com um aumento de 34% em relação ao ano anterior. As importações de peças voltaram com força total. No entanto, no segundo semestre, enfrentamos uma descida íngreme: uma retração de 36% nas vendas. É como se subíssemos o Tourmalet e depois enfrentássemos uma descida sem freios!

Pneus Murchos: O Que Aconteceu no Segundo Semestre?

Analisando mais de perto o cenário do segundo semestre, vimos que o interesse por bicicletas novas, principalmente aquelas consideradas bikes de entrada (no valor entre R$800 e R$2 mil), sofreu uma queda. Elas haviam sido as grandes estrelas de vendas em 2020. Parece que, após um ano pedalando forte, o mercado precisou recuperar o fôlego.

  • Demanda em Queda: O menor interesse por bikes de entrada impactou diretamente os totais de vendas, exigindo ajustes por parte dos fabricantes e vendedores.
  • Impacto nos Preços: A diminuição na demanda geralmente afeta os preços, podendo tornar futuras compras mais atrativas ou incentivar promoções.
  • Adaptação do Setor: Com a mudança no perfil de vendas, lojistas e fabricantes precisam se adaptar para atender a novas demandas e preferências dos consumidores.

Não Apenas Vendas: O Crescimento do Ciclismo em 2021

Já para o ano de 2022, apesar dos percalços na cadeia de suprimentos, as expectativas são de manter o guidão estabilizado no mesmo patamar de vendas de 2021. Mas não é somente a venda de bicicletas que conta essa história de sucesso; o setor de manutenção e revisão viu um salto significativo, assim como o de acessórios e vestuário. Esse impulso deve-se ao pelotão de novos ciclistas que se formou desde o início da pandemia, trazendo um vento a favor para os serviços de bicicletarias.

Agora, com o capacete ajustado e a corrente lubrificada, estamos prontos para pedalar rumo a novas oportunidades que o mercado de bicicletas promete trazer. E, afinal, quem não gosta de sentir aquele ventinho na cara numa pedalada, não é mesmo?

Fonte: Aliança Bike

.


Continua depois da publicidade


Deixe um comentário

Conteúdo exclusivo

Garanta sua inscrição gratuita na comunidade PedalemosVIP e acesse conteúdos exclusivos por tempo limitado. 

Aproveite agora essa oportunidade única!

Perguntas frequentes

De acordo com dados recentes, as vendas de bicicletas no Brasil em 2021 registraram um aumento acima do período pré-pandemia. Estima-se que foram vendidas cerca de X milhões de bicicletas no país.
Uma das principais tendências do mercado de bicicletas em crescimento é o aumento da procura por bicicletas elétricas.
Diversos fatores contribuíram para o aumento das vendas de bicicletas no Brasil, como a conscientização sobre a importância da atividade física e a busca por uma vida mais saudável. A pandemia da COVID-19 também influenciou, já que muitas pessoas passaram a utilizar a bicicleta como meio de transporte alternativo e seguro.
As perspectivas para o mercado de bicicletas no Brasil nos próximos anos são positivas, com aumento da demanda devido à preocupação com a sustentabilidade e busca por transporte mais econômico e saudável. O incentivo do governo e a melhoria da infraestrutura cicloviária também podem impulsionar o mercado.