Segredos das marchas e engrenagens em bicicletas de entrada e básicas

Descubra os segredos das marchas e engrenagens em bicicletas de entrada e básicas. Aprenda tudo sobre esse importante componente para melhorar sua experiência de pedalada.

Segredos das Marchas e Engrenagens em Bicicletas de Entrada e Básicas

Quando você está começando a pedalar, é fácil ficar um pouquinho enrolado com toda essa história de marchas e engrenagens. Mas, é claro, estamos aqui para descomplicar! Uma bicicleta de entrada é tipo um abraço de vó – acolhedora e confiável. Geralmente, ela vem equipada com 21 marchas, cuja combinação esperta de três coroas lá na frente e sete cogumelos giratórios (engrenagens pra quem não é chegadão nas metáforas) na catraca traseira, garante que você não vai pedalar mais duro que sua tia no spinning.


Continua depois da publicidade


O Bê-á-bá das Bikes de Entrada

Vamos lá! A mágica das três coroas na frente funciona mais ou menos como aqueles pratos de tamanhos diferentes no seu almoço dominical – cada um serve para uma quantidade de apetite diferente. Aqui é igual, só que ao invés de comida, é o seu esforço que varia. Já as sete engrenagens traseiras são como os temperos – um ajuste fino para cada trecho do seu rolê. Com essa variedade toda, você consegue pedalar sem virar um suador profissional, independentemente se está encarando uma ladeira assassina ou um retão de respeito.

A Receita das Bicicletas Básicas

E temos também as bicicletas básicas – aquele feijão com arroz que nunca decepciona. Com 18 marchas no seu cardápio, elas apresentam três coroas que são os pilares da sua jornada diária, e seis opções de velocidade na catraca que são como o sal para finalizar o prato. Essa combinação é o tempero perfeito para os ciclistas que não querem complicação e só precisam ir do ponto A ao ponto B com eficiência e tranquilidade, sem firulas ou fricotes tecnológicos.

  • Coroas e Cogumelos: As coroas são as grandes protagonistas no controle do seu esforço, e os cogumelos na traseira são seus fiéis escudeiros no ajuste fino da resistência.
  • Simplicidade eficiente: Para quem busca eficiência sem complexidade, uma bike com 18 marchas é a verdadeira definição de praticidade sobre duas rodas.
  • Adaptação suave: Com um leque generoso de marchas, tanto nas bikes de entrada quanto nas básicas, a adaptação a diferentes cenários é suave e descomplicada, como deve ser.

Concluindo, Pedaleiro Iniciante

No mundo das bikes de entrada e básicas, entender as marchas e engrenagens é como aprender a falar a língua dos deuses do pedal. Assim que você pega o jeito, suas pedaladas se transformam em uma sinfonia onde cada nota é uma troca de marcha bem pensada – e você é o maestro! E lembre-se, engrenagens e marchas são como as especiarias da culinária – na medida certa, elas fazem toda a diferença na receita para uma pedalada perfeita. Agora, vá lá e mostre para as subidas quem é que manda!


Continua depois da publicidade


Deixe um comentário

Conteúdo exclusivo

Garanta sua inscrição gratuita na comunidade PedalemosVIP e acesse conteúdos exclusivos por tempo limitado. 

Aproveite agora essa oportunidade única!

Perguntas frequentes

Para iniciantes, recomendamos bicicletas híbridas, pois oferecem uma combinação de características de bicicletas de estrada e de montanha. São versáteis, confortáveis para pedalar em diferentes terrenos e uma excelente opção para quem está começando a explorar o mundo do ciclismo.
O tamanho correto da bicicleta é crucial para garantir conforto e prevenir lesões. Geralmente, o tamanho é determinado pela altura do ciclista e pelo comprimento da perna (entrepernas). A maioria das lojas de bicicletas e fabricantes oferecem tabelas de tamanhos que podem ajudar na escolha do tamanho correto, baseando-se nessas medidas.
Alguns acessórios essenciais para ciclistas incluem capacete para proteção, luvas para maior conforto no guidão, luzes dianteiras e traseiras para visibilidade, bomba de ar e kit de reparo para pneus para emergências, e um cadeado resistente para segurança. Estes itens aumentam a segurança e a praticidade durante o pedal.
A manutenção básica inclui manter os pneus calibrados, as correntes lubrificadas, os freios ajustados e as peças móveis limpas. Verificar regularmente se todos os parafusos estão apertados também é essencial para garantir a segurança. Aprender a fazer ajustes simples pode economizar tempo e dinheiro, além de prolongar a vida útil da bicicleta.